Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2016

Envelhecimento Saudável - Como viver mais e melhor

Imagem
O Brasil está mais maduro. 
De acordo com dados do Censo 2010, levantado pelo IBGE, a população idosa no Brasil aumentou consideravelmente na última década. Em 1999, o número de idosos no país (a partir de 60 anos de idade) era de 14,8 milhões, e em 2009, esse número passou para 21,7 milhões. Em contrapartida, o crescimento da população jovem (até 19 anos) teve seu crescimento interrompido.

A tendência do envelhecimento da população revela dados ainda mais importantes. O relatório aponta que a população de pessoas acima de 70 anos era de 6,4 milhões. Já em 2009, o índice pulou para 9,7 milhões de pessoas. O número de centenários também cresceu. Com cerca de 80% da população já recenseada, as pessoas com mais de 100 anos já somam 17.615 no Censo 2010 diante das 14 mil do Censo 2000. 
Mas quais seriam os fatores responsáveis pelo aumento do número de idosos e por sua longevidade? 
Vejam abaixo alguns hábitos que trazem essas respostas.




Alimentação equilibrada Eles se alimentam melhor Consumir …

Light, Diet e Zero - Você conhece as diferenças?

Imagem
Você sabe qual a diferença entre os produtos light, diet e zero?  Se sua resposta foi não, conheça agora.
Quando os alimentos light surgiram depois da febre dos diet, a confusão para os consumidores teve início. Nos últimos tempos, os chamados produtos zero passaram a atrapalhar ainda mais a população. A legislação brasileira até obriga que os rótulos das embalagens tragam todas as informações necessárias. A obrigatoriedade, no entanto, ainda não é suficiente para esclarecer as pessoas que chegam até as prateleiras dos supermercados preocupadas com a saúde. Nem todo mundo consegue decifrar as informações impressas na embalagem dos produtos industrializados, por exemplo. Sem a devida orientação, os consumidores sofrem para selecionar aquilo que considera mais adequado ao seu perfil. 

Muitas pessoas relatam que ainda tem dificuldades em entender os rótulos, pois não consideram as embalagens esclarecedoras. De acordo com profissionais em nutrição, existe até um risco caso a pessoa engane-se…