Índice de Adiposidade Corporal (IAC) - Uma nova proposta para a predição de gordura corporal

Índice de Adiposidade Corporal - IAC

Essa matéria visa explicar o que é IAC (Índice de Adiposidade Corporal), que é um método novo e que está começando a ser usado amplamente para uma melhor margem de especificidade em relação a gordura corporal e comparar com o método tradicional IMC (Índice de Massa Corporal) que já é usado há muito tempo no meio acadêmico.

Califórnia Los Angeles, CA - EUA. Pesquisadores desenvolveram uma nova fórmula para o Índice de Massa Corporal para determinar a adiposidade e dizem ser mais confiável do que medir a gordura corporal através do método tradicional (IMC). 



Utilizando-se da medida da circunferência do quadril e da altura, a Nova Fórmula (BAI) ou Índice de Adiposidade Corporal (IAC), poderá ser utilizado para refletir o percentual de gordura tanto de homens adultos quanto de mulheres de diferentes etnias, sem correção numérica ou acesso ao peso, diz o Dr. Richard N. Bergman e colaboradores (University of Southern California, Los Angeles) em sua pesquisa publicada em 03/03/2011 no Obesity Jornal.

O que se observa é que o IAC mostra ser mais eficaz na predição da saúde que os outros índices de Obesidade como o IMC. Porém, eles assumem que deve-se investir mais em futuras pesquisas para a confirmação desses resultados em brancos e outros grupos étnicos e também em crianças, visto que, a pesquisa foi realizada com americanos, descendentes de mexicanos e africanos. É necessário também se pesquisar se esse índice é o melhor para se calcular o índice de gordura corporal entre homens e mulheres que o próprio IMC.

Segundo eles, a altura e o tamanho do quadril está altamente relacionada com o percentual de obesidade.

"Nós estávamos interessados em determinar se pelo menos podíamos descobrir um índice de adiposidade corporal que superasse o IMC, o qual é usado desde 1840. O qual não é uma medida muito confiável para pacientes obesos", explicou Bergman. 
O IMC é particularmente inapropriado para avaliar indivíduos com elevada massa corporal magra, como os atletas por exemplo, e crianças, e acima de tudo em grupos étnicos diferentes, explica Dr. Bergman e seus colaboradores.

Bergman e seus colaboradores, não são os primeiros a sugerirem alternativas para o IMC. A circunferência é amplamente utilizada como um indicador melhor para risco coronariano que o IMC, porém alguns estudos mostram que são igualmente preditivos. 
Outros exemplos podem ser citados como o RCQ (índice de relação cintura e quadril) e índice de cintura/quadril/altura, como medidas melhores para se detectar o índice de obesidade do que o IMC. Mas alguns críticos dizem ser muito difícil se estabelecer uma medida muito acurada da circunferência quadril e cintura e ainda incluindo a altura, tornando o IMC mais popular pela simplicidade e rapidez dos cálculos.

Bergman e seus colaboradores procuravam em quais variáveis estavam mais fortemente relacionadas ao percentual de adiposidade, e elas foram a altura e o tamanho do quadril. Nesse estudo, utilizaram um grande banco de dados, o BETAGENE, que consistia de parentes de mexicanos naturalizados americanos com diabetes gestacional, para determinar o melhor índice. Eles escolheram esse grupo por causa da grande população encontrada na cidade de Los Angeles, observou, "A maioria da população mundial não é branca. Por causa dessas variáveis, as quais não tinham correlação, é que propusemos o novo indice de IAC", explicou Bergman.

O IAC será fácil de calcular:
IAC

"Mostramos que o IAC, calculado pela fórmula: [(Circunferência do Quadril em cm)/(altura(m) x V (raiz) altura (m)] – 18 é uma excelente equação para predizer o percentual de gordura corporal tanto de homens quanto de mulheres", complementa. O IAC revela o percentual de gordura e não só uma correlação ou índice dela, como ocorre com o IMC. Validada pelo (DEXA) Dual-Energy x-ray absortion.

"Será muito mais fácil para fisiologistas, médicos ou enfermeiros trabalharem em cima dos índices de seus pacientes, simplesmente utilizando uma calculadora, ou um programa de computador no seu iPhone", explica o Dr. Bergman.

Outros pesquisadores também utilizaram essa fórmula em suas pesquisas e acharam que o comportamento do IAC, em estudos sobre o Risco Cardiovascular e triglicérides feito em Africanos naturalizados americanos estavam bem parecidos com os resultados encontrados na população negra e latinas no Betagene.

"Assim, nós acreditamos que apresentamos evidências acuradas em pelo menos dois grupos populacionais étnicos, e futuros trabalhos deverão ser feitos a fim de generalizar o IAC para outros grupos. É importante observar também se o índice pode ser utilizado para predizer em crianças o risco de doenças cardiovasculares", afirma o Dr. Bergman.

Vamos dar um exemplo prático de como calcular
IAC - Circunferência do Quadril

Como visto acima, para calcular o IAC você divide a medida da circunferência do seu quadril em centímetros (medida na altura da cabeça do fêmur como na foto) pela sua altura em metros, multiplicada pela raiz quadrada da sua altura em metros e diminui 18 do resultado final. 

Exemplo: 1,58 de altura, 79 cm de quadril

IAC = [ 79 / (1,58 x v1,58) ] – 18 = [ 79 / 1,98 ] – 18 = [39,89] – 18 = 21,89

Tabela IAC:
Tabela IAC

Conclusão
Embora o IMC seja amplamente utilizado e fácil de calcular, ele possui falhas. 
Por exemplo, uma pessoa magra, mas muito musculosa pode ter um IMC alto, o que, de acordo com o cálculo, irá indicar que ela está acima do peso, quando na realidade isso não é verdade.

Ao contrário do Índice de Massa Corporal (IMC), geralmente utilizado como um substituto para a gordura corporal, o IAC é calculado sem o uso de peso. Afirma-se que, com base em estudos populacionais, o IAC pode ser usado para calcular a porcentagem de gordura corporal de homens e mulheres adultos de etnias diferentes.


Comentários

  1. Esse tema me interessou muito para poder ajudar as pessoas que luta pelo seu bem estar...aplico aula de jump e ritmos e gostaria de ver resultados em minhas alunas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Rosemary.
      Aplique esta fórmula e vá acompanhando os resultados com as suas alunas. Elas vão gostar.

      Excluir

Postar um comentário

Deixe aqui o seu comentário. Sua opinião é muito importante.